Open main menu

The Evanescence Reference β

Exodus/pt

Informações Gerais

Exodus é uma das primeiras músicas gravadas do Evanescence. Foi lançado no Evanescence EP em dezembro de 1998. Note-se que Amy Lee toca piano nessa faixa enquanto David Hodges não entrou na banda até 2000.

A performance ao vivo de 07 maio de 1999 apresenta as letras de Missing no final, embora a música ainda não existia e a música apresenta guitarra no começo.

Amy no EvThreads:[1]

  ... É muito difícil porque você é o seu pior crítico e eu me ouço dizer "minha mochila preta cheia de sonhos desfeitos" e eu quero me matar. Sinceramente, não é possível ouvir os versos dessa música sem apertar os olhos. Mas eu não nego que houve uma magia naquelas primeiras canções. Cada uma foi tão empolgante para nós, estávamos apenas aprendendo que tínhamos a capacidade de fazer a nossa música favorita.  


Versões

Versão de estúdio:

Exodus

  • Data de gravação: 1998
  • Status: Lançada
  • Lançado em: Evanescence EP (faixa 4)
  • Duração: 3:03

Versão ao vivo

Exodus [Ao vivo]

  • Data de gravação: 7 de maio de 1999
  • Status: Não lançada
  • Exemplo: Show no Vino's Bar

Download

Letras

Versão de estúdio

My black backpack stuffed with broken dreams
Twenty bucks should get me through the week
Never said a word of discontentment
Thought it a thousand times but now
I'm leaving home

Here in the shadows
I'm safe, I'm free
I've nowhere else to go
But I cannot stay where I don't belong

Two months passed by and it's getting cold
I know I'm not lost, I'm just alone
But I won't cry, I won't give up, I can't go back now
Waking up is knowing who you really are

Here in the shadows
I'm safe, I'm free
I've nowhere else to go
But I cannot stay where I don't belong

In the shadows
I'm safe, I'm free
I've nowhere else to go
But I cannot stay here
Oh! Show me the shadow where true meaning lies
So much more dismay in empty eyes

Ao vivo

My black backpack stuffed with broken dreams
Twenty bucks should get me through the week
Never said a word of discontentment
Thought it a thousand times but now
I'm leaving home

Here in the shadows
I'm safe, I'm free
I've nowhere else to go
But I cannot stay where I don't belong

Two months passed by and it's getting cold
I know I'm not lost, I'm just alone
But I won't cry, I won't give up, I can't go back now
Waking up is knowing who you really are

Here in the shadows
I'm safe, I'm free
I've nowhere else to go
But I cannot stay where I don't belong

Show me the shadow where true meaning lies
So much more dismay in empty eyes

You can't stop the fire
Can you stand to fight her?
You can't stop the fire
You won't say the words

Can you stop the fire?
Can you stand to fight her?
You can't stop the fire
You won't say the words

Notas